You are viewing archived content
of the Inter-American Foundation website as it appeared on June 1, 2018.

Content in this archive site is NOT UPDATED.
Links and dynamic content may not function, and downloads may not be available.
External links to other Internet sites should not be construed as an endorsement of the views contained therein.
Go to the current iaf.gov website
for up-to-date information about community-led development in Latin America and the Caribbean.

Iniciativas Regionais

Print
Press Enter to show all options, press Tab go to next option

IAF-top

Carteira vigente

Donatários ativos: 16
Recursos comprometidos pela IAF: US$5.130,198
Montante dos recursos de contrapartida: US$8,764,300
Investimento total: US$13.894,498

Áreas de ênfase: Agricultura, investimento social corporativo, expressão cultural, redes, educação, inclusão dos indígenas e mulheres

Donatários ativos

O Programa Delnet da Organização Internacional do Trabalho (Delnet) oferece treinamento especializado e oportunidades de fazer contatos por meio de cursos on-line em desenvolvimento local, desenvolvimento local com perspectiva de gênero, turismo sustentável e redução de desastres a outros 105 bolsistas.

A Fundación Social de Holcim Colombia (Holcim/CO) é o setor de investimento social de um fabricante de cimento colombiano e membro da Rede Interamericana de Fundações Corporativas e Ações de Desenvolvimento de Base (RedEAmérica), uma parceria com o setor empresarial iniciada pela IAF e lançada em 2002. Em colaboração com outras fundações da Holcim/CO incorporadas na Argentina, Brasil e Equador, desenvolverá um fundo de subdoações para financiar projetos de base e também aumentar o investimento social da corporação. A contrapartida da Holcim é mais do que o dobro da doação da IAF. O projeto deverá beneficiar diretamente 380 salvadorenhos e indiretamente outros 1.400. 

A Asociación de Capacitación e Investigación para la Salud Mental (ACISAM). Nos termos deste Convênio de Cooperação, a ACISAM, parceira da IAF, trabalhará com quatro países para continuar a desenvolver uma rede de nove associações de base com enfoque em serviços a deficientes psiquiátricos e a seus cuidadores. A donatária e as associações colaborarão na organização de eventos educacionais; facilitação de comunicações; melhoria da administração, liderança e parcerias; e gestão de um subfundo de doações para iniciativas econômicas, treinamento e extensão. Por meio deste Convênio de Cooperação a ACISAM trabalhará com a IAF em eventos regionais, revisão de subdoações e divulgação das lições aprendidas. Serão beneficiados diretamente cerca de 800 salvadorenhos, nicaraguenses, panamenhos e costarriquenhos e indiretamente outros 7.000.

Asociación Minga Perú (Minga Perú) proporcionará treinamento em comunicações, planejamento e avaliação para cerca de 63 indivíduos provenientes de donatários atuais e ex-donatários da República Dominicana e do Peru e de suas organizações parceiras. Os participantes receberão subdoações para implementar suas estratégias de comunicação e documentarão lições e resultados para compartilhar com doadores e outras partes interessadas. Serão beneficiados de 10.000 a 15.000 indivíduos conectados com as organizações, suas comunidades e seus parceiros. 

A Fundación AVINA (AVINA) trabalhará com a Red de Organizaciones del Chaco Americano (Redes Chaco) na promoção do desenvolvimento comunitário no Gran Chaco Americano que incorpora parte da Argentina, Bolívia e Paraguai. O esforço de colaboração empreendido por grupos de base e doadores deverá beneficiar 2.000 residentes e outros 32.000 indiretamente. 

A JASS Mesoamerica (JASS Meso) atingirá 400 mulheres que representam 52 organizações de base mexicanas e centro-americanas de ativistas com seu programa para avançar os direitos da mulher e melhorar a colaboração dos participantes em política pública correlata. Além de 500 mulheres de organizações de base e não governamentais em todo o México e América Central beneficiará indiretamente também redes de organizações de mulheres financiadas pela IAF em todo o Hemisfério.

Humentum e a IAF realizarão eventos de audição para conseguir feedback a ser utilizado no desenvolvimento de uma estratégia e de ferramentas, desenvolver um protótipo on-line de plataforma de criação de redes e identificar os primeiros usuários para testar ferramentas de rede. Com base no feedback de donatários e parceiros em toda a América Latina e o Caribe, o Humentum e a IAF formularão e lançarão uma plataforma on-line que apoiará a participação dos usuários, facilitará a comunicação entre indivíduos e grupos, informará melhor os parceiros a respeito de temas emergentes e melhores práticas na região e oferecerá acesso mais amplo a oportunidades de treinamento. Cerca de 500 donatários e parceiros da IAF se beneficiarão diretamente por meio de sua participação e outros 1.500 por meio das redes da IAF e do Humentum.

A Community Foundations Leading Change (CFLeads) apoiará as iniciativas do Grupo de Trabalho Ad Hoc para Criação de Comunidades mais Amplas, abrangendo 20 fundações comunitárias de todo o Hemisfério, o qual trabalha no desenvolvimento da filantropia comunitária e incentiva relações entre fundações nos Estados Unidos, Canadá e América Latina. Cerca de 50 funcionários e membros de diretoria de fundações comunitárias e de grupos de colaboração se beneficiarão diretamente e outros 500 indivíduos indiretamente.

O Global Fund for Community Foundations (GFCF) colaborarão com fundações comunitárias e fundos sociais da América Latina e do Caribe, incluindo donatários atuais da IAF, no desenvolvimento de uma rede para promover a filantropia comunitária na região. Cerca de 1.000 homens e mulheres participarão diretamente e se beneficiarão das atividades do projeto. 

A Fundación ProYungas (ProYungas)  fortalecerá o Colectivo de Mujeres del Chaco Americano (CMGCH), uma organização-matriz que representa mais de 100 grupos comunitários de mulheres no Gran Chaco Americano. Os membros do Colectivo receberão treinamento em aptidões administrativas e gestão, bem como em temas relacionados com a defesa de direitos e violência contra o gênero. Aprenderão também a construir relacionamentos com a sociedade civil, indústria privada e setor público para promover os direitos da mulher. A Plurales e o Colectivo proporcionarão pequenas doações para determinadas organizações de base, potencializando-as a abordarem questões comunitárias e participarem da gestão de projetos. O Colectivo trabalhará com seus membros em aptidões de comunicação e desenvolverá procedimentos destinados a melhorar sua participação na tomada de decisão das redes. O projeto beneficiará diretamente 1.500 pessoas e indiretamente outras 25.000. 

A Cooperativa de Trabajo Ltda. (COOPSOL) trabalhará com apicultores da Argentina, Bolívia e Paraguai no lançamento de uma rede de produtores de mel orgânico no Gran Chaco Americano. A rede desenvolverá a própria capacidade e a das organizações afiliadas para comercializar mel em nichos de mercados orgânicos. A COOPSOL também levará apicultores de toda a América Latina ao Quarto Simpósio Mundial de Mel Orgânico, no qual discutirão meios de trabalhar em conjunto e compartilhar as melhores práticas com colegas do mundo inteiro. Cerca de 500 pessoas serão beneficiadas diretamente por essas atividades e outras 1.000 pessoas indiretamente.

O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (CEPAGRO) trabalhará em estreita colaboração com outros donatários da IAF em toda a América Latina no desenvolvimento de uma rede de colaboração entre agricultores para compartilhar oportunidades de treinamento e melhores práticas em agroecologia. Este projeto beneficiará diretamente 1.000 pessoas e outras 40.000 indiretamente.

A Community Foundations Leading Change (CFLeads) trabalhará em proximidade com a IAF, a C.S. Mott Foundation e um número crescente de outras fundações comunitárias, associações municipais e outros parceiros para apoiar uma colaboração transnacional em evolução chamada Building Broader Communities in the Americas (Construindo Comunidades Maiores nas Américas). A CFLeads oferecerá apoio substancial, logístico e organizacional a esse esforço para apoiar a filantropia de base comunitária nas Américas, construindo uma vibrante comunidade transnacional de práticas que reconhecem a natureza mutável das comunidades no mundo globalizante. As atividades da concessão atenderão 100 beneficiários diretos das instituições participantes, e 10.000 beneficiários indiretos das comunidades atendidas por essas instituições.

A Asociación Sobrevivencia Cultural (ASC) fortalecerá uma rede nascente de cerca de 10 organizações de mídia de base comunitária da Guatemala, Nicarágua, Panamá, Belize, Costa Rica e El Salvador. Essas organizações incluem estações e associações de rádio comunitárias, assim como pontos comerciais que usam mídias interativas, de Internet e sociais. A associação coordenará e oferecerá sessões e eventos de treinamento para promover as melhores práticas como, por exemplo, como seguir a legislação local e internacional que regulamenta a operação da mídia de base comunitária. Essas atividades contribuirão para uma estratégia regional para superar desafios presentes e futuros da mídia de base comunitária. As atividades do subsídio beneficiarão cerca de 65 pessoas diretamente e 650 pessoas indiretamente.

A Fundación Fútbol para el Desarrollo (FuDe) trabalhará com uma rede de cerca de 16 organizações parceiras para treinar 180 jovens de cerca de 10 países na América Latina como mediadores no futebol de rua. O treinamento terá como alvo os jovens marginalizados e em risco, e lhes proporcionará habilidades de empregabilidade, como liderança, trabalho em equipe, pensamento crítico, comunicação efetiva, negociação, respeito, disciplina e foco nos resultados. O treinamento ocorrerá por meio de uma plataforma virtual, reuniões presenciais e intercâmbios. A FuDe também facilitará intercâmbios entre parceiros e organizações financiados da IAF na Nicarágua, a fim de instruir os participantes sobre como usar programas de treinamento baseados no esporte, usando o futebol de rua, para fortalecer a liderança entre os jovens desfavorecidos. O subsídio beneficiará 4.800 pessoas diretamente, e cerca de 16.800 indiretamente.

Fundo Socio-Ambiental Casa (CASA) tem um registro exitoso de apoiar com recursos financeiros organizações de base comunitária recentes e remotas através de um fundo socioambiental nacional no Brasil. A IAF quer avaliar o potencial de replicação do modelo de fundo sócio-ambiental do CASA em seis países da América do Sul. O CASA e seis organizações da sociedade civil na Argentina, Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru estão avaliando as potencialidades de lançamento de fundos socioambientais nacionais com base no modelo CASA. O CASA está compartilhando sua própria experiência com essas outras organizações e as apoiando no desenvolvimento de seus fundos socioambientais nacionais. Sessenta pessoas participam das atividades desse convênio e aproximadamente 6.000 estão se beneficiando indiretamente das atividades. Na IAF, apoiamos soluções lideradas pela comunidade para os desafios sociais e econômicos da América Latina e do Caribe. Os investimentos a nível comunitário como este têm um efeito transformador a longo prazo para fortalecer as organizações de base através de educação e treinamento que criam redes de ação e de aprendizagem.