You are viewing archived content
of the Inter-American Foundation website as it appeared on June 1, 2018.

Content in this archive site is NOT UPDATED.
Links and dynamic content may not function, and downloads may not be available.
External links to other Internet sites should not be construed as an endorsement of the views contained therein.
Go to the current iaf.gov website
for up-to-date information about community-led development in Latin America and the Caribbean.

Guatemala

Print
Press Enter to show all options, press Tab go to next option

Cartera vigente

Donatarios activos: 26
Recursos comprometidos por la IAF: US$ 7.411.265
Valor de los recursos de contrapartida: US$ 8.141.416
Inversión total: US$ 15.552.681
Áreas de énfasis: Agricultura, inclusión de comunidades indígenas, participação democrática, segurança comun, educação, desenvolvimento empresarial, expressão cultural, saúde, asistência jurídica, e ambiente

Información de contacto:

Jose Toasa, Representante de la IAF
Claudia Kaupert, Asistente de programas
Luis Eduardo Cortez Salvatierra, Apoio Local

Donatários ativos

A Federación Comercializadora de Café Especial de Guatemala (FECCEG) vai oferecer treinamento e investir em infraestrutura para aumentar o volume de café certificado como comércio justo ou orgânico que agricultores de suas oito cooperativas produzem, processam e comercializam para exportação, assim como o volume processado de grãos cultivados e processados exclusivamente por agricultoras e comercializados sob a marca Café Femenino.

A Asociación de Mujeres del Altiplano (AMA) vai treinar 150 tecelões indígenas de Quetzaltenago e Sololá e oferecer a assistência técnica necessária para produzir mercadorias de boa qualidade que atraiam uma clientela internacional.

Sa Qa Chol Nimla K’aleb’aal (SANK) realizará em 100 comunidades dos municípios de Chisec e Raxuhá, em Alta Verapaz, atividades destinadas a conseguir que a posse e propriedade de terras correspondam às tradições q’eqchí’; a conscientizar o público a respeito da degradação do meio ambiente; e a capacitar os agricultores nas vantagens da diversificação de cultivos e nos riscos associados com a monocultura e o emprego excessivo de pesticidas.

A Fundación ProPetén (PROPETEN) trabalhará com três comunidades q’eqchí’ dos municípios de Poptún e San Luis, Petén, na formalização de sua estrutura operacional e proporcionará a alguns agricultores escolhidos assistência técnica no cultivo e na venda do cacau.

A Asociación Para el Desarrollo Sostenible de la Juventud (ADESJU) irá oferecer um programa de atividades esportivas e culturais a 750 jovens guatemaltecos indígenas maias em 25 grupos de jovens comunitários afiliados. A associação prevê demonstrar às autoridades municipais de Chiantla e Aguacatán que as atividades esportivas e culturais diminuem o número de jovens que se juntam a gangues, o abuso de álcool e drogas, o abandono da escola e a migração para o México ou para os Estados Unidos.

O Proyecto de Salud Sangre de Cristo (PSSC) irá trabalhar em quatro escolas para melhorar a alimentação e a saúde geral das crianças e dos pais em comunidades marginais nos municípios de San Pedro Ayampuc e Chinautla, departamento da Guatemala. Os dados recolhidos em indicadores de boa saúde e nutrição devem confirmar a eficácia do programa.

A Asociación de Abogados y Notarios Mayas de Guatemala (AANMG) irá trabalhar para permitir que os agricultores da comunidade de Se'konon obtenham títulos de propriedade das terras, diversifiquem suas culturas e desenvolvam uma oferta de alimentos mais confiável. Os resultados beneficiarão 300 famílias.

A Asociación Agropecuaria y Artesanal Para El Desarrollo, El Buen Sembrador (El Buen Sembrador) trabalhará com as famílias dos membros para aumentar a produção de ervilhas, brócolis e cenoura para venda aos compradores que pagam melhores preços por compras no atacado. Os funcionários receberão o treinamento necessário para melhorar as operações, incentivar a participação das mulheres, desenvolver um plano de negócios e identificar novos compradores. A iniciativa beneficiará 150 guatemaltecos diretamente e outros 900 indiretamente. 

A Asociación de Comunidades Campesinas Indígenas para el Desarrollo Integral de Petén (ACDIP) irá informar os residentes de 150 comunidades no departamento de Petén sobre os benefícios e riscos de programas em curso associados aos títulos de propriedade das terras, e também introduzir métodos para gerenciar terras que são consistentes com as práticas indígenas. A associação desenvolverá materiais educativos em espanhol e Q’eqchi’ para residentes, funcionários governamentais e doadores internacionais.

A Asociación Semilla Nueva (SEN) irá trabalhar com 250 agricultores de 25 comunidades localizadas na costa sul de Guatemala, fornecendo-lhes assistência técnica em agricultura resistente à seca e ajudando-os na formação de alianças em longo prazo com os governos municipais.

A Coordinadora de Asociaciones Campesinas Agropecuarias de Petén (COACAP) irá trabalhar com 99 famílias Q’eqchi’ indígenas no sul de Petén para diversificar as culturas para o desenvolvimento de uma oferta de alimentos mais confiável, para que permaneçam em suas terras e em sua comunidade. O subsídio deverá beneficiar outras 500 famílias Q’eqchi’ indiretamente. O treinamento do pessoal deverá melhorar a COACAP enquanto organização.

A Asociación Seres (SERES) irá implementar um programa de liderança ("programa") para a juventude de Guatemala e El Salvador. O programa fomentará a consciência sobre os direitos dos cidadãos e o uso de recursos naturais, bem como habilidades de liderança entre os jovens de Guatemala e El Salvador, para que se tornem cidadãos pró-ativos e façam suas comunidades florescer. O programa beneficiará diretamente cerca de 1.500 jovens representando pelo menos trinta grupos organizados de vários departamentos de Guatemala e El Salvador.

A Asociación de Mujeres Adelina Caal Maquín (ACM), uma organização de mulheres maias, trabalhará com residentes de 20 comunidades Q’eqchi’ para diversificar as culturas, proteger os recursos naturais, desenvolver uma oferta de alimentos mais confiável e lançar um mercado de agricultores. Quarenta estudantes irão frequentar a escola secundária de ACM onde irão estudar matérias acadêmicas, bem como práticas agrícolas que irão ensinar aos membros da ACM. A iniciativa beneficiará 680 Q’eqchi’ indígenas diretamente e outros 300 indiretamente.

A Alcaldía Maya de Canillá (AMC) irá criar coesão entre seus membros residentes em 36 comunidades no município de Canillá e irá desenvolver as habilidades administrativas e operacionais necessárias para formalizar uma parceria em longo prazo com o governo municipal e com os conselhos de desenvolvimento de cada comunidade representada. Sua proposta inclui a criação de escritórios municipais que representem os interesses dos jovens e das mulheres. O treinamento e as negociações envolverão diretamente 172 Quiché guatemaltecos e beneficiarão mais 10.000.

MolojKino’jib’alMayib’ Ixoqib’ (MOLOJ) irá aumentar a consciência sobre a importância da diversidade no governo para que comunidades e grupos marginalizados sejam representados, para incentivar o respeito pelas mulheres indígenas e para promover sua participação da vida cívica. A iniciativa envolverá diretamente 500 mulheres indígenas e beneficiará cerca de 2.500 outros guatemaltecos.

A Asociación de Retornados Guatemaltecos (ARG) irá desenvolver um plano estratégico para os próximos cinco anos para facilitar a passagem dos migrantes que retornam a Guatemala. Os objetivos incluem uma adesão alargada, a aquisição de competências na administração, negociação e captação de recursos e envolvimento da organização com o município da Cidade de Guatemala e da Guatemala Secretaría del Migrante com vista a parcerias em longo prazo. O processo de planeamento, treinamento e divulgação envolverá 14 guatemaltecos e beneficiará mais 500.

A Cooperativa Integral de Comercialización Carmelita (CARMELITA) irá desenvolver seu negócio de ecoturismo para melhorar o potencial de ganho para seus membros e melhorar as práticas de negócios sustentáveis.  Ao longo de um período de três anos, os membros da CARMELITA irão investir em infraestruturas, treinamento, intercâmbio e equipamentos e irão envolver funcionários do governo para garantir a conformidade com as regulamentações locais de turismo. O subsídio beneficiará cerca de 80 pessoas diretamente e outras 380 pessoas indiretamente.

A Asociación Coordinación Regional de Cooperativas Integrales (CORCI) irá investir na produção de vegetais destinados a mercados de exportação (ervilha de cheiro, brócolis, cenouras e outros), a fim de aumentar o rendimento dos seus membros. Os funcionários da CORCI receberão treinamento para fortalecer a capacidade operacional da associação, aumentar a taxa de participação das mulheres e desenvolver um plano de negócios.  Cerca de 240 beneficiários se beneficiarão diretamente e outros 1.000 se beneficiarão indiretamente.

A Asociación de Comunidades Forestales de Petén (ACOFOP) irá obter as devidas autorizações para a colheita sustentável de recursos renováveis na Reserva da Biosfera Maia, desenvolver uma estratégia para a obtenção de autorização para desenvolver atividades econômicas ambientalmente responsáveis em outras áreas protegidas e fortalecer uma rede de residentes comunitários que irá documentar como eles se beneficiam destas atividades. Cerca de 500 pessoas se beneficiarão diretamente e 7.800 se beneficiarão indiretamente dessas atividades do subsídio.

A Asociación Barillense de Agricultores (ASOBAGRI) irá oferecer treinamento e assistência técnica para melhorar a produção de café da associação, introduzir novas culturas, lançar uma loja de café e fornecer capital de giro para uma marca de café de comércio justo implementada por jovens locais. As atividades do subsídio priorizarão a participação de mulheres e jovens e beneficiarão 1.238 pessoas diretamente e 7.428 indiretamente. 

A Red Maya, Cimujer (REDMAYA), uma organização de base formada por 32 jovens mulheres líderes indígenas de Huehuetenango em Guatemala, aprenderá mais sobre gerenciamento e captação de recursos, bem como temas relacionados à cidadania e à democracia e auditorias sociais, uma prática que permite que os cidadãos de Guatemala usem as leis e regulamentos existentes para assegurar que as iniciativas de desenvolvimento sejam implementadas de acordo com o devido processo. Ao fazê-lo, a REDMAYA reforçará suas relações com a sociedade civil e os governos locais para promover os direitos das mulheres e dos jovens e restabelecer um escritório municipal para as mulheres.  As atividades do subsídio beneficiarão 450 pessoas diretamente e cerca de 10.000 indiretamente.

A Asociación de Dirigentes Comunitarios (ASDIC) realizará atividades para ampliar seu empreendimento de agronegócio, assim como melhorar a tecnologia em sua escola de ensino médio de base comunitária. A ASDIC, que produz cogumelos, ervilhas e ervilhas-de-cheiro, trabalhará para aumentar as colheitas e melhorar a comerciabilidade de seus produtos, obtendo certificações oficiais de segurança e qualidade. A ASDIC proporcionará empregos e renda para mais de 250 famílias, e também administrará uma escola de ensino médio de base comunitária, que é a única opção educacional para os residentes de cerca de 14 comunidades no município de San Antonio Palopó, em Sololá. A ASDIC também promoverá mulheres em posições-chaves de liderança dentro da organização e da comunidade, e monitorará alunos e graduandos de sua escola para identificar tendências na colocação empregatícia e nos padrões de migração. Cerca de 480 pessoas de Sololá serão beneficiadas diretamente, e outras 1.060 indiretamente.

A Asociación de Forestería Comunitaria de Guatemala Ut'z Che' (UTZCHE), uma rede de 40 organizações comunitárias que trabalham com agroecologia e gestão de recursos naturais em toda a Guatemala, fortalecerá as capacidades técnicas de 15 de suas organizações-membros nas montanhas da região oeste, e estimulará a gestão sustentável de recursos ambientais. A UTZCHE realizará sessões de treinamento em campo, nas quais os agricultores aprenderão sobre assuntos relacionados aos riscos do cultivo contínuo de um só tipo de produto agrícola no mesmo espaço, bem como sobre os desafios resultantes do uso excessivo de pesticidas. No lugar dessas práticas nocivas, a UTZCHE promoverá as vantagens da diversificação de lavouras e reconhecerá a competição entre os agricultores pelas lavouras mais diversificadas e bem mantidas. A UTZCHE também trabalhará com outros parceiros da IAF na Guatemala e com governos locais para obter um maior suporte contínuo. As atividades do subsídio beneficiarão cerca de 500 pessoas diretamente e 30.000 pessoas indiretamente.

A Asociación Seres (SERES) organizará grupos comunitários e não-lucrativos locais, incluindo outro parceiro financiado da IAF, e gerenciará um programa abrangente de liderança, governança, oportunidade educacional e econômica para jovens adultos de idades de 15 a 30 anos na região montanhosa do oeste da Guatemala. A SERES gerenciará organizações comunitárias selecionadas e, por meio de um comitê de direcionamento, implementará um programa de treinamento em liderança e governança. As atividades do programa incluirão a fornecimento de 30 bolsas de estudo e 10 estágios para jovens participantes, e também estabelecerão e gerenciarão um fundo de subconcessão para iniciar 12 microempresas lideradas por jovens. As atividades da concessão beneficiarão 60 jovens diretamente e cerca de 300 outros indiretamente.

A Asociación Lambda (LAMBDA) melhorará a subsistência da população LGBTI através de quatro grupos comunitários dos departamentos de Izabal, Jalapa, Quetzaltenango e San Marcos fornecendo treinamento sobre gestão, governança, liderança e empreendedorismo. Estes grupos, com o apoio da LAMBDA, desenvolverão quatro planos para aumentar a conscientização e incluir a comunidade LGBTI em uma vida democrática mais ampliada em seus respectivos departamentos. A LAMBDA também coordenará três eventos públicos para discutir a situação da população LGBTI no interior do país. Os participantes da concessão também terão acesso ao financiamento de uma subconcessão para criar oito microempresas. As atividades do subsídio beneficiarão 100 pessoas diretamente e 500 pessoas indiretamente.

A Asociación de Desarrollo Comunitario Qanil (QANIL) melhorará a subsistência de jovens dos departamentos de Huehuetenango, Quetzaltenango e San Marcos fornecendo treinamento sobre governança, liderança e técnicas de negociação. Três grupos organizados desses departamentos desenvolverão e implementarão três planos para promover a inclusão econômica, política e social da juventude para engajar representantes do governo local, do setor privado e da sociedade civil. Os planos incluirão ações para abordar o governo local, o setor empresarial e organizações da sociedade civil para obter apoio financeiro e em bens e serviços para iniciativas geradoras e renda e atividades que possibilitarão a participação da juventude na vida democrática de suas comunidades. A QANIL também desenvolverá um plano estratégico multianual, obterá status jurídico e participará de atividades de captação de recursos. Este apoio beneficiará 60 pessoas diretamente e cerca de 240 pessoas indiretamente.