You are viewing archived content
of the Inter-American Foundation website as it appeared on June 1, 2018.

Content in this archive site is NOT UPDATED.
Links and dynamic content may not function, and downloads may not be available.
External links to other Internet sites should not be construed as an endorsement of the views contained therein.
Go to the current iaf.gov website
for up-to-date information about community-led development in Latin America and the Caribbean.

Colômbia

Print
Press Enter to show all options, press Tab go to next option

Carteira vigente

Donatários ativos: 30
Recursos comprometidos pela IAF: US$ 4,436,092
Montante dos recursos de contrapartida: US$ 4.036,743
Investimento total: US$ 8,472,835
Áreas de ênfase: Agricultura, conservação, responsabilidade social empresarial, educação; desenvolvimento de empresas, ambiente, serviços jurídicos; inclusão de afrodescendentes, indígenas e jovens.

Informações de contato:

Juanita Roca & Jenny Petrow, Representantes da IAF
Kaitlin Stastny, Assistente de Programas
Nicolás Bermúdez & Marcela Campuzano, Apoios Locais

Donatários ativos

A Corporación Taller de Promoción Popular y Desarrollo Alternativo (Prodesal) A Prodesal procurará a participação de 1.036 jovens colombianos na formulação de políticas locais para conscientizá-los a respeito de seus direitos e melhorar suas aptidões para os negócios por meio de assistência técnica, capacitação, fóruns e intercâmbios. Quarenta empresas incipientes serão financiadas com subdoações.

A Corporación RedEAmérica (RedEAmérica) irá melhorar a medição do impacto de seu treinamento e investimento em projetos de base, irá estudar e documentar quatro exemplos de parceiros sub-beneficiários de sucesso, irá incentivar a aplicação de princípios de desenvolvimento de base para funções de negócio essenciais e irá reconhecer contribuições extraordinárias para o desenvolvimento de base do hemisfério.

A Asociación de Productores de Panela de la Vereda Las Vegas (Asoprovegas) irá trabalhar com seus membros e duas outras organizações de base no município de Tuluá, no departamento de Valle del Cauca, Asociación de Escuelas Agroecológicas Campesinas de San Rafael (Aseas) e Asociación de Agricultores Orgânicos de San Lorenzo (Asoagro), com vista a melhores práticas de uso das terras em 57 fazendas, resultando no aumento da produção de cana-de-açúcar, uma oferta de alimentos mais confiável e maior colaboração entre as três organizações. O projeto deverá beneficiar 170 colombianos diretamente e 470 indiretamente.

A Corporacion Consorcio para el Desarrollo Comunitario (Consorcio) irá fornecer pequenos subsídios, treinamento e outros apoios a organizações de base para projetos realizados em colaboração com o governo a nível local e outros parceiros e irá participar de workshops e conferências sobre desenvolvimento de base com outros membros da Rede Interamericana de Fundações Empresariais e Ações para o Desenvolvimento de Base (RedEAmérica).

A Fundación Mujer y Futuro (FMF) irá formar 300 mulheres no município de Bucaramanga com vista a uma participação mais ativa do governo local e de programas de proteção social disponíveis para elas em conformidade com a política municipal que visa a igualdade de gênero. Também receberão assistência técnica e terão a oportunidade de participar de intercâmbios.

A Asociación de Campesinos de la Vereda Palmas (Asocap) irá trabalhar com a Asociación Comunitaria de Productores de Mora y Demás Cultivos de la Región (Asocomore) e a Fundación Ecológica Produende (Produende) para desenvolver as habilidades de liderança e potencial de rendimento de jovens residentes dos municípios rurais de Darien, Trujillo e Riofrío, departamento de Valle del Cauca, e irá proporcionar-lhes acesso a materiais, suprimentos e equipamentos. Esta iniciativa beneficiará 350 colombianos diretamente e outros 1.500 indiretamente e deverá motivar os jovens residentes a ficarem na região e construírem um futuro para si próprios nesse local.

A Asociación para el Desarrollo Campesino (ADC) irá trabalhar com suas organizações e com outros grupos comunitários nos municípios de Pasto, Buesaco, Chachagüí, Ipiales, Puerres e Yacuanquer para incentivar práticas que beneficiem o meio ambiente e ajudem os agricultores a permanecer em sua terra. Os membros de base formarão uma rede. O programa da ADC também inclui educação ambiental nas escolas primárias. O projeto beneficiará 700 colombianos diretamente e 2.000 indiretamente.

A Junta de Acción Comunal Cumbarco (JAC Cumbarco) irá trabalhar com os residentes de Cumbarco para aumentar os recursos dos grupos de base locais, desenvolvê-los como organizações e incentivar a participação de jovens residentes de suas iniciativas, incluindo para melhorar a produção e comercialização de café, bananas e flores. O projeto beneficiará 165 colombianos diretamente e outros 510 indiretamente.

O Cabildo Indígena del Resguardo de Guambia (Guambia) irá colaborar com os residentes guambianos indígenas dos cabildos de Silvia, Ovejas Siberia, San Antonio, Pisitao e Kurachak, departamento de Cauca, para melhorar sua produção, transformação e comercialização de cana-de-açúcar e cebolinha. O consequente aumento dos rendimentos beneficiará 1.250 agricultores colombianos indígenas.

A Corporación Caribe Afirmativo (Caribe Afirmativo) aumentará a conscientização sobre as lutas da comunidade LGBTI na região do Caribe, oferecerá terapia da arte a indivíduos que foram vitimizados e defenderá seus direitos. O subsídio beneficiária 300 colombianos LGBTI diretamente e 520 pessoas indiretamente.

A Corporacion Consorcio para el Desarrollo Comunitario (Consorcio) ajudará a desenvolver uma abordagem que permitirá que 50 organizações de base contribuam para o processo de paz em suas comunidades e trabalhará com as organizações para ajustar a abordagem conforme necessário por meio de uma série de workshops. O projeto beneficiará 140 colombianos diretamente e 8.500 indiretamente.

A Corporación de Profesionales Construyendo Ciudadanía (CPCC) se envolverá com 7 grupos de jovens e outros jovens monterinos com idades compreendidas entre 14 e 28 anos para desenvolver suas capacidades organizacionais de modo a que possam assumir papéis de liderança. Irá fornecer treinamento e apoio técnico destinado a aumentar o conhecimento dos jovens sobre seus direitos e aumentar sua representação junto dos decisores de sua comunidade. O subsídio beneficiará 700 jovens diretamente e outros 2.000 membros da comunidade indiretamente.

A Fundación Grupo de Acción y Apoyo a Personas Trans (GAAT) convocará a comunidade transgênero de Bogotá para coletar informações sobre cinco direitos fundamentais: educação, emprego, liberdade de movimento, saúde e habitação. A GAAT usará as informações coletadas nas reuniões para aumentar a conscientização sobre as violações destes direitos e defender esta comunidade. O projeto atingirá 650 transexuais colombianos, seus familiares e aliados, e representantes de instituições públicas, organizações não governamentais e universidades. Este irá afetar outras 2.000 pessoas indiretamente.

A Fundación Ambiental Dapaviva (Dapaviva) realizará atividades educativas com crianças em idade escolar, residentes, empresas e instituições públicas em toda a Reserva Forestal Protectora Nacional Cerro Dapa Carisucio, para ensiná-los sobre os ecossistemas locais e estratégias de conservação, tais como reciclagem e compostagem, com o objetivo de incentivar a proteção do ambiente. A Dapaviva também irá treinar um grupo de jovens colombianos para se tornarem guardas do parque e irá explorar oportunidades para registrar terras particulares como reservas naturais. O projeto envolvera 1.500 residentes de Dapa, Yumbillo, La Buitrera e La Olga, Valle del Cauca, e beneficiará indiretamente mais 3.250 pessoas.

A Asociación de Mujeres Indígenas "La Chagra de la Vida" (Asomi) trabalhará com seus membros e os membros de cinco comunidades indígenas, que representam as etnias Inga, Kamsá, Siona, Cofán e Koreguaje, para recorrer a práticas tradicionais de eficácia comprovada para melhorar os meios de subsistência e proteger seu modo de vida e o ambiente natural. A Asomi irá aumentar a diversidade e produtividade dos chácaras (ou fazendas sustentáveis), revitalizar conhecimentos e práticas tradicionais e aumentar os intercâmbios e a cooperação entre seus membros, beneficiando 475 pessoas diretamente e 1.350 indiretamente.

O Grupo de Teatro Esquina Latina (TEL) vai realizar atividades de construção da paz usando uma abordagem de teatro comunitário com 11 grupos de teatro comunitários em Cali, Valle del Cauca e no norte de Cauca. O TEL também lançará uma versão on-line de seu programa de teatro comunitário chamada radioteatro, que usa a Internet para disseminar dramas radiofônicos com maior abrangência. Os participantes desenvolverão sua confiança e conquistarão as habilidades de se tornarem agentes de mudança em suas comunidades. Eles forjarão redes de organizações locais, departamentais e nacionais para promover uma cultura de paz. O projeto beneficiará 300 jovens e outros membros da comunidade afetados pelo conflito armado e outras formas de violência. Serão atingidos indiretamente 37.600 habitantes adicionais, que terão a oportunidade de usar o teatro para refletir criticamente sobre a história do conflito e as oportunidades de reconciliação.

A Corporación Proyectarte (Proyectarte) will partner with local schools, social service organizations and grassroots groups to improve opportunities for 180 young people ages 11-20 living in vulnerable communities in northeast Medellin. Through arts and other methodologies, Proyectarte will help boost participants’ confidence and leadership skills to advocate for their rights and build networks for advancing social, employment and leadership opportunities in their communities. The project will also reach 60 families of participating young people.

A Empresa Cooperativa del Sur del Cauca (COSURCA) realizará workshops, reuniões gerais e pesquisas participativas para engajar os habitantes na criação de três museus comunitários, que enfocam a história do conflito e formas de iniciar o processo de conciliação. A Cosurca também facilitará a comunicação entre as organizações participantes e atualizará seu plano de trabalho institucional para promover a paz na região. O projeto beneficiará diretamente 8.400 participantes de 18 organizações-membros.

A Fundación para el Etnodesarrollo de los Llanos Orientales de Colombia (ETNOLLANO) trabalhará com membros de comunidades indígenas localizadas nos municípios de Puerto Carreño, Paz de Ariporo e Hato Corozal, nos departamentos de Vichada e Casanare. Isso fortalecerá a governança e a sustentabilidade ambiental dos territórios indígenas através de visitas a suas comunidades, workshops, reuniões com funcionários do governo local e a produção de materiais e publicações audiovisuais. O projeto alcançará 4.500 pessoas diretamente e mais 25.000 habitantes de comunidades não indígenas.

A Corporación Buen Ambiente (Corambiente) reunirá produtores rurais organizados e estudantes do ensino médio em seis municípios no Páramo de Santurbán, departamento de Santander, a fim de identificar e disseminar atividades contínuas para a construção da paz na região. A Corambiente realizará workshops e reuniões e intercâmbios comunitários. Também produzirá e disseminará programas de televisão. O projeto beneficiará diretamente 420 pessoas, e outros 5.000 residentes de Santander indiretamente.

A Fundación Hijos de la Sierra Flor (Hijos de la Sierra Flor) trabalhará com indígenas e grupos de mulheres afrocolombianas em cinco municípios do departamento de Sucre, a fim de promover um diálogo sobre a reconciliação. A fundação oferecerá ferramentas e metodologias para as iniciativas de construção da paz da comunidade e para reconhecer práticas ancestrais direcionadas à resolução de conflitos e à reconstrução da confiança. O projeto beneficiará diretamente 195 mulheres e outros 1.500 membros familiares e residentes dos cinco municípios indiretamente.

A Corporación Transparencia por Colombia (Transparencia) reunirá organizações comunitárias e autoridades locais em três municípios no departamento de Chocó, a fim de auxiliar a capacidade dos residentes locais de monitorar atividades dos planos de desenvolvimento municipal e departamental. A Transparencia realizará workshops e reuniões comunitárias, além de produzir e disseminar uma ferramenta de fácil utilização para o fortalecimento de sua capacidade de supervisão. O projeto beneficiará diretamente 80 pessoas, e alcançará indiretamente outros 100 residentes do departamento de Chocó.

A Fundación Gaia Amazonas (GAIA) trabalhará com três organizações, que representam 40 comunidades indígenas locais localizadas no departamento de Vaupes, a fim de prepará-las para participar ativamente das atividades de construção da paz através de workshops e reuniões com funcionários do governo. O projeto alcançará 30 pessoas diretamente e mais 2.385 membros de comunidades indiretamente.

A Fundación Sumapaz (Sumapaz) trabalhará com organizações de base comunitária no nordeste de Medellín para criar uma agenda de paz urbana. A Sumapaz espera que, com o uso da abordagem participativa para a construção de uma agenda comum, as organizações comunitárias fiquem melhor preparadas para negociar com os funcionários do governo local e propor projetos de paz em suas comunidades. A Sumapaz disseminará a agenda de paz através de uma campanha publicitária. O projeto beneficiará diretamente 40 líderes comunitários e 180 membros de cerca de 12 organizações de base comunitária; ele impactará indiretamente os residentes das quatro seções (comunas) do nordeste de Medellín.

A Corporación Taller de Promoción Popular y Desarrollo Alternativo (Prodesal) trabalhará com jovens em nove municípios e duas cidades da região caribenha da Colômbia para construir agendas de paz municipais que conduzam a um plano de paz para a juventude caribenha. A Prodesal e seus participantes apresentarão todas as agendas desenvolvidas às autoridades locais e regionais e disseminarão seus conteúdos amplamente através das mídias digitais e sociais. O projeto beneficiará diretamente 750 jovens dos departamentos de Atlántico, Bolívar, Córdoba e Sucre. E 750.000 outros jovens desses quatro departamentos se beneficiarão com as agendas de paz municipais e regionais.

A Corporación Caribe Afirmativo (Caribe Afirmativo) fortalecerá as capacidades de líderes e organizações das populações lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) em sete municípios da região caribenha da Colômbia, a fim de melhor defender um enfoque de gênero no processo de construção da paz. O projeto beneficiará diretamente no mínimo 70 líderes de organizações LGBT, e indiretamente outras 12 organizações e funcionários do governo (aproximadamente 1.000 pessoas) na região caribenha da Colômbia.

A Junta de Acción Comunal Vereda Cumbarco (JAC-Cumbarco) promoverá uma cultura de cidadania e paz em Cumbarco, município de Sevilla, Valle del Cauca, entre famílias, escolas e a comunidade. O projeto alcançará 170 estudantes e suas famílias, professores e membros de organizações comunitárias, e alcançará indiretamente outros 340 residentes de Cumbarco.

A Corporación Socio-Ecológica para el Futuro de Bolívar (Ecofuturo) criará espaços para mulheres que moram no município rural de Bolívar, a fim de reafirmar seu próprio valor como construtoras da paz, reconhecer e fortalecer suas contribuições para a economia rural, para que possam aprender sobre seus direitos e deveres e aproveitar os programas públicos criados para seu benefício. O projeto beneficiará diretamente 30 mulheres rurais que vivem nas áreas em torno do município de Bolívar e, indiretamente, outros 90 membros familiares.

A Fundación Mujer y Futuro (FMF) contribuirá com a construção da paz na cidade de Bucaramanga. A FMF usará uma metodologia prática para treinar 30 mulheres líderes em como promover uma cultura de paz a partir de uma perspectiva de gênero, que reconhece o papel diferenciado das mulheres como construtoras da paz e como vítimas do conflito. O projeto beneficiará diretamente 30 mulheres líderes de organizações comunitárias e comitês de ação conjunta (juntas de acción local), e alcançará indiretamente outras 600 pessoas.

A Fundación Natura (Natura) trabalhará com membros de cinco organizações indígenas regionais para fortalecer a governança e a sustentabilidade ambiental de territórios indígenas, por meio da criação de uma estratégia de desenvolvimento e paz para o departamento de Vaupés na Amazônia colombiana. As atividades incluirão workshops regionais, reuniões com funcionários do governo local e a produção de materiais e publicações audiovisuais. O projeto alcançará 300 beneficiários diretos e mais 5.000 habitantes de 54 comunidades indígenas.

A Corporación Sistema de Comunicación para la Paz (SIPAZ) apoiará 10 parceiros financiados da IAF na produção de uma campanha de rádio de alcance nacional chamada “Sí de una”, como parte da iniciativa de construção de paz da IAF na Colômbia. A campanha destacará e promoverá as atividades de construção da paz realizadas por esses parceiros financiados. A SIPAZ realizará avaliações, treinamentos e fornecerá assistência técnica para fortalecer as estratégias de comunicação das organizações participantes. O projeto beneficiará diretamente 250 pessoas, e outras 3.600 indiretamente.